Compartilhar share

Educação e saúde organizam estratégias para escolas

Publicado em 21/10/2020 às 15:56 - Atualizado em 21/10/2020 às 15:58

Quase 500 pessoas ligadas aos setores de educação e saúde do Extremo Sul participam até o final do mês de outubro da capacitação ‘Plancon-Edu Covid 19 Municipal e Escolas’. A região está organizada conforme o embasamento legal de normativas técnicas. O trabalho segue o andamento do Plano de Contingenciamento organizado para a educação em âmbito estadual, que requer a mobilização municipal, a fim de preparo para o retorno as aulas, assim que o ambiente sanitário permitir.

O presidente do CER (Comitê Extraordinário Regional Covid-19 AMESC), secretário de Saúde, Caio Barpp, explica que foram sendo formados os comitês municipais e escolares para construírem os seus planos de contingência para o retorno gradativo das aulas, sendo que até o final do mês terminam às capacitações. “Tem sido produtivo o preparo e organização para nos mantermos atualizados em como proceder diante das atualizações que ocorrem no cenário da pandemia”.

A coordenadora de Políticas Públicas da AMESC, Rosangela Paulino Alexandrino,descreve que participam os 15 municípios do Extremo Sul, com envolvimento de 195 pessoas de Comitês Municipais (considerando 13 componentes por comitê), através de 238 unidades de ensino em aproximadamente 442 pessoas de Comissões Escolares considerando duas pessoas por Unidade Escolar. “Há muita responsabilidade no setor de educação diariamente, e não está sendo diferente neste momento de pandemia. Tem havido comprometimento de todos os profissionais, mas ressalto o apoio que temos tido neste trabalho da chefe de divisão de ensino de Maracajá, Odécia Almeida de Souza da Silva, e da educadora em direitos humanos e para a diversidade do Núcleo de Prevenção as Violências na Escola da Cored, Sung Chen Lin”.

O presidente da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense), prefeito Ronaldo Pereira da Silva, ratifica o compromisso dos gestores municipais em manter suas equipes em sintonia com todas as normativas, orientações e capacitações necessárias para dar segurança e atendimento para à população. “Conforme a situação da pandemia se encaminha, nossos profissionais precisam estar preparados para atender as demandas. Saúde e educação trabalham em conjunto, especialmente em momentos como este”.

 

Renata Angeloni

Assessora de Comunicação AMESC

imprensa@amesc.com.br


publish