Compartilhar share

Assistência Social e Defesa Civil mobilizadas no extremo sul

Publicado em 28/07/2021 às 14:46 - Atualizado em 28/07/2021 às 14:47

Os 15 municípios da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) estão mobilizados para atender as demandas diante da intensa onda de frio. Uma reunião promovida pela Assessoria de Políticas Públicas avaliou os encaminhamentos entre Defesa Civil e a assistência social.

A assessora de Políticas Públicas, Rosangela Paulino Alexandrino, explica que a reunião, virtual, tratou sobre as ações desenvolvidas nos 15 municípios diante da chegada da frente fria intensa. “A assessoria de políticas públicas em conjunto da Defesa Civil havia emitido o alerta para que fosse feita a organização das ações em proteção aos usuários da assistência social, que envolve um público como moradores de rua, andarilhos e famílias mais vulneráveis atendidas pela assistência social. Ficou entendido que todos os 15 municípios estão organizados para atender as demandas. Os municípios, por meio da assistência social entram para a história mais uma vez no atendimento de uma situação de calamidade natural. Como o setor tem identificado quem precisa de suporte, fica mais fácil fazer a atuação. Com o mapeamento do público, as ações são organizadas ou reorganizadas de forma mais ágeis. Entendemos que o sistema único de assistência social atua na proteção social aos usuários, especialmente neste momento”, constata a assessora.

Segundo Rosangela, Araranguá e Sombrio, estão com mais equipes nas ruas, devido ao porte das cidades, para a busca ativa de moradores de rua e andarilhos, e todos usuários que precisam de auxílio.

O presidente da AMESC, prefeito de São João do Sul, Moacir Francisco Teixeira, agradece a Defesa Civil Regional pelo suporte também as defesas civis municipais.

Renata Tonetto Angeloni

Assessoria de Comunicação AMESC

imprensa@amesc.com.br