Compartilhar share

Reuniões das esposas de prefeito e vice serão itinerantes

Publicado em 30/09/2021 às 18:41 - Atualizado em 30/09/2021 às 18:42

As esposas de prefeito e vice da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) debateram na tarde desta quinta-feira, na sede da associação, sobre as ações desenvolvidas por elas em seus municípios. Também definiram o cronograma de reuniões para 2022 e o fechamento dos trabalhos neste ano.

A última reunião deste ano ocorrerá em Maracajá no mês de novembro. Para 2022 as mulheres definiram que as reuniões serão itinerantes e que serão quatro momentos. A primeira ocorrerá em março e segue em maio, agosto e novembro.

A prefeita de Sombrio, Gislane Cunha, se fez presente e falou da importância dos companheiros entenderem a rotina atribulado no poder público e deste apoio e engajamento nos projetos sociais. A prefeita também falou sobre a integração entre das secretarias para serviços e projetos, e citou o exemplo na vacinação, em que todas as políticas públicas contribuem para o sucesso no número de imunizados.

Neste escopo a primeira-dama de Araranguá, Dione Cesa, apresentou o Projeto de Integração Multiprofissional entre a Secretaria de Assistência Social, Educação, Saúde, Cultura e Esportes da Prefeitura de Araranguá. O objetivo é fortalecer o trabalho em rede entre as secretarias, com intuito de trazer interação e cooperação, ocasionando maior resolutividade as demandas apresentadas pela população, tornando-se preventivos e propositivos de ações melhor atendam aos cidadãos. A metodologia adotada será a criação de um comitê  colaborador para a criação de agendas de encontros.

Já a primeira-dama de Turvo, Rosani Zanette Cirimbelli, apresentou um trabalho voltado a reciclagem. Turvo possui o projeto Separe que é referência no estado de Santa Catarina e a Associação Clube de Mães começou uma parceria para ampliar a atuação nas comunidades rurais. Setembro iniciou com a primeira coleta seletiva no interior realizada e coordenada pelo Clube de Mães de São Felipe. Esse é o resultado de uma parceria da administração municipal, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, junto ao Clube de Mães e também da Secretaria de Indústria e Agroindústria (SIACO). Além de auxiliar na reciclagem, a troca gera tickets para produtos da Feira da Agricultura Familiar.  A coleta se estenderá em mais comunidades por meio dos grupos.

 


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar